. Fórum

Que mudanças se fazem necessárias após a não classificação da seleção masculina ao Mundial?
mostrando de 1 a 9 num total de 14 respostas

roberto cecilio, RJ
.em 21/05/2005, às 13:26
rodrigo shalom, RJ
.em 14/05/2005, às 00:02
rodrigo shalom, RJ
.em 14/05/2005, às 00:01
Rick Martin Silva, RJ PALMAS PARA O FERNANDO, PR!! PALMAS PARA O PAULO MURILLO, DF!! EH A 1ª VEZ QUE LEIO ALGUMA COISA Q VALE A PENA AKI! SUGESTAO, PROPOSTA, SEM CRITICA NEGATIVA E RECALCADA! PODE SER Q ESSE SEJA O CAMINHO! PODE EXISTIR ESPERANÇA PARA O POLO AQUATICO BRASILEIRO.
.em 10/05/2005, às 17:23
Rodrigo Damian, RJ
.em 10/05/2005, às 13:04
Fernando Gomes Pereira Prete, PR O problema do pólo aquatico é o mesmo do handebol, atletismo, esgrima, badminton, etc.Esses esportes são pouco divulgados quase não aparecem na televisão e nos jornais esportivos.Você não ve nenhum garoto falando meu sonho é ser jogador de pólo ou esgrimista.O esporte só é divulgado no Brasil quando tem olímpiadas e os atletas que sempre ralaram sem apoio aparecem.A mudança deve ocorrer da base para o ápice e não o contrário.Quanto maior o número de praticantes mais gente pra mudar a cara do esporte,vocês tem que lutar para o polo ser praticado em todas as escolas e clubes brasileiros pra a partir daí termos uma liga forte uma confederação independente e uma seleção forte que faça frente as potencias mundias nesse esporte!Eu penso assim.
.em 07/05/2005, às 12:24
Paulo Murillo Coêlho Pita, DF Mudanças são bem vindas para melhor, para piorar é melhor ficar calado. O alto nível é desleal, pois só se leva em consideração a vitória, a dedicação e o amor por nossa modalidade fica 2º, 3º,...,plano. O nosso inimigo, a barreira que temos que ultrapassar é a não popularização de nosso esporte. Temos que somar forços e não dividir. Seja com a FINA/CBDA ou numa liga, ou outra federação o que tem que mudar logo para colhermos daqui a uns 30 ou 40 anos são passos concretos para motivar a prática do polo aquatico em todas as piscinas de clubes, escolas, universidades, academias. É criticar menos e agir mais. Porque cada um de vocês não organizam um torneio em sua comunidade? a revista poloaquatico fez o circuito, deu certo enquanto durou! surgiram novos centros. Já realizei torneios com mais de cem alunos em uma tarde de sábado. alguns destes, alunos "pé de chumbo", jogam hoje por equipes tradicionais e compoem a seleção brasileira.
.em 02/05/2005, às 10:40
AlertaBraPolo BraPolo, RJ Para começar, nosso esporte merece uma administração independente, não dá + para sermos administrados por uma Confederação de 4 esportes distintos e q se assemelham pelo único fato de serem realizados dentro de piscinas, acho q somos parte da única confederação q possui tal modelo, não me lembro de outra q o faça. Depois, devíamos colocar na direção da entidade pessoas com capacidade e conhecimento para tal posição e sem nepotismo,por favor. Temos q andar com nossas próprias pernas, mesmo q isso signifique inicialmente darmos "alguns passos atrás". Chega de sermos comandados por um Presidente(?) q só pensa em natação e só aparece nas finais de campeonato com transmissão pela TV. Precisamos de alguém q queira realmente melhorar nosso esporte, alguém q tente abrir os horizontes de nossa modalidade para outros estados, q aproveite a herança genética dos estados do Sul do Brasil, com seus imigrantes europeus, que promova o esporte em MG e GO, estados que fornecem bons atletas para o volei e basquete nacional, que não esqueça o Nordeste com sua população com grande concentração nas cidades litorâneas. Poderíamos fazer como o vôlei, onde a própria CBV banca uma "peneira" com garotos vindos de todos os cantos do Brasil com intuito de descobrir novos talentos, mesmo q esses talentos estejam ainda em estado "bruto". Será q se a Dona CBDA organizasse uma competição fora do eixo RJ/SP, com transmissão pela TV e tentasse um acordo com uma cia. aérea para levar todos os times naqueles horários de promoção em troca espaço publicitário, ela não conseguiria? Vamos lá, 10equipes(no mínimo 15 integrantes), são pra começar 150 participantes + juízes e cartolas dão umas 200 pessoas, por baixo. Se o campeonato for programado para uma época de baixa estação para as cias. aéreas, será q ninguem vai querer? Falta-nos vontade de mudar e a "eles" vontade de trabalhar, temos q acabar com essa ditadura q vem com o passar dos anos sufocando nosso esporte de forma silenciosa e angustiante.
.em 22/04/2005, às 13:21
Riccardo Mosconi, SP Bom se vc for falar d mudancas, podemos citar varias especialmente comecando lah de cima.. mais eu soh achu q deve c levar Polo aquatico mais a serio, pq nos temos potencial e soh naum temos oportunidade.. Temos q colocar na selecao jogadores q tem pra dar pro Brasil nao esses velhos q nem treinao mais temos q apostar mais na juventude.. como os meninos da junior e outros atletas mais novos q naum foram convocados.
.em 19/04/2005, às 16:03
página 1 de 2

Apenas usuários cadastrados podem participar do Fórum. Cadastre-se já!.

smiles:
:) :P ;) :* :( 8.
:D :. 8) :J :0  


mensagem:

0 caracteres de 2000